Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Ciao!

É verdade, não tenho dado notícias.
Mas é que aqui em Itália não tenho Internet (sim, até agora, ainda não tenho).
Neste momento estou num local de acesso público à Internet e tenho de estar a usar um dicionário online de português para vos poder escrever, pois com os teclados de cá estaria a escrever com demasiados erros.
Estou numa pequena cidade da Região de Abruzzo. Já não neva e estes últimos dias tem feito mais calor e estado sol. Teramo está rodeada de vales e montanhas brancas de neve ainda.
Quase como na imagem. Montanhas não faltam e FIAT's destes existem alguns, pelos quais sou verdadeiramente apaixonada!

Então começo por vos dizer (com uma ponta de orgulho em mim mesma) que consegui passar a 6 das 7 cadeiras que fiz no primeiro semestre. A que chumbei é a mesma do primeiro ano, já fui 4 vezes a exame e o queridissimo professor tem-me dado sempre a mesma nota! Enfim, nem quero pensar nisso. Só neste semestre consegui tantos créditos como num ano inteiro. Estou muito contente com isso e agora só espero que aqui também corra tudo bem porque é um ritmo, método, língua, etc. um pouco diferente e, por isso, sempre arriscado. Em principio devo fazer 3 cadeiras mais o curso de italiano. As cadeiras todas, mesmo opcionais, são leccionadas três vezes por semana, o que torna complicado conciliar muitas cadeiras (e ser possível seguir as aulas que são dadas) e em Portugal terei de fazer aquela que perdi e uma do corrente semestre para tentar passá-la.

No segundo dia em que estava cá, pude ficar no apartamento onde aluguei quarto e não tive de ficar mais num albergue. No dia seguinte falei com o proprietário e paguei o mês e a caução, ficou tudo acertado. Estou num prédio muito bem localizado, central, em muito bom estado. Moro com duas italianas, uma delas do mesmo curso que eu, outra já trabalhadora. Na primeira semana ainda lá estava uma rapariga alemã, com quem contactei a primeira vez para saber do quarto, ainda em Portugal, por FB (através duma italiana que tinha estado na minha faculdade e com a qual falei, também por FB, e que me disse que ela, alemã, tinha quarto para alugar no apartamento onde estava); agora eu mudei-me para o antigo quarto da alemã, desde que ela se foi embora, faz hoje uma semana, precisamente! Tenho um quarto com varanda, coisa que em Lisboa é praticamente impossível e a renda é muito acessível e em conta (tendo em conta os outros quartos de que me falaram aqui e as rendas em Lisboa).
Tive a sorte de, quando cheguei, ter sido recebida e ajudada, logo no primeiro dia, por uma rapariga (do meu curso) espanhola e pela italiana (SS) com quem travei conhecimento via FB e que esteve comigo horas a fio a orientar-me nas coisas da faculdade e tudo mais - foi a que me deu o contacto da casa onde estou.

Tenho-me dado muito bem com as minhas colegas de casa, tive imensa sorte. Sou obrigada a falar italiano com elas e isso é uma mais valia para mim. Devo começar o curso de Língua Italiana esta semana...

No fim de semana passado fui em viagem com o grupo de ERASMUS de cá. Decidi participar em cima do tempo mas ainda bem que fui. Paguei uma módica quantia e passei três a conhecer cidades italianas lindas.

Saímos de Teramo de madrugada; fomos de autocarro com uma jovem motorista; ficámos num hotel muito bom em Padova; nas noites de Sexta e Sábado estivemos em duas festas com ERASMUS de várias cidades de Itália e jantámos muito bem num restaurante local em Padova na noite de Sábado.

Estive em VERONA no primeiro dia, PADOVA no segundo e, por fim, VENEZA. Apanhámos o fim de semana de Carnaval, o que foi óptimo. Em Verona assistimos ao cortejo de Carnaval da cidade, estive na casa de Julieta, vi a imponente arena, gostei muito. Em Padova fizemos uma visita guiada pela cidade, estivemos no majestoso Palácio da Região, no edifício antigo da Universidade e na magnifica Basílica de Santo António de Pádua (nascido em Lisboa). Veneza (domingo) estava repleta de fatos mágicos e misteriosos, apinhada de gente. As catedrais e a praça São Marcos foram paragens obrigatórias; passámos no HARD ROCK e pudemos admirar as famosas Gôndolas, inúmeros canais e ruas estreitas (como vielas).

A semana passada começaram as aulas, deviam ter começado antes mas com o tempo que esteve (nevão), foi tudo adiado... Ainda me estou a tentar ambientar e adaptar-me ao sistema de avaliação de cá. Devo alterar as cadeiras a que estou inscrita e espero conseguir tratar disso esta semana para ficar despachado e eu descansada quanto ao assunto.

Fazem-me falta as minhas queridas MJ, SL, TM, Ney, Lisboa, Sintra, conduzir, beber, conversas, saídas, passeios, enfim...! Teramo é pequena para mim e ainda um pouco estranha, não conheço muito nem muita gente,...mas é bom estar cá, ser posta à prova, conhecer outras culturas, formas de estar, locais, etc.

2 comentários:

  1. É normal sentires saudades, ainda para mais porque foste sozinha para ai ... Mas olha, parabens! Pelas cadeiras que fizeste, pelo esforço que estas a fazer, aproveita ao máximo, divertete! E vai dando noticias =))

    Beijinhos **

    ResponderEliminar
  2. as saudades são o pior castigo que poderemos sentir ! Parabéns, adorei a forma como escreves .. contina **

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!