Pesquisar neste blogue

sábado, 19 de fevereiro de 2011

O meu mimo

Apesar de nada do referente a "nós" por agora me fazer sentir bem... na verdade tenho evitado ao máximo pensar no que quer que seja que envolva o "nós" por mais que seja difícil e custe horrores... sabe-me tão mas tão bem, chegar ao quarto e ter esta companhia, que no fundo é a tua companhia!


Neste quarto, pequeno, mas vazio de sentimento, é um conforto ter este mimo que, embora me alegre os dias que passamos juntos (todos) por vezes sendo a minha única companhia durante dias, ao mesmo tempo me deixa triste de verdade por não teres sido o que mostraste em menos de um mês (apenas depois de termos acabado) quando isso foi tudo o que te pedi, implorei durante mais de um ano.
Foi tão pouco o que te pedi, será que nem aquilo eu merecia?
Por que só depois de tanto tempo e de tanto ter pedido, falado, chorado, sofrido...é que te deste ao trabalho de mostrares o que eras capaz, ou podias ser...!?
Dói, sabes? Dói de verdade, a sério.

E o que faço com este amor todo? Terei de o deixar ir, de o fazer seguir na dança do vento.

3 comentários:

  1. God! Ninguem merece!
    Isso por Madrid está muito difícil?
    :$

    ResponderEliminar
  2. estas coisas do coração são sempre complicadas, faz o que o teu coração ditar.

    Bjokas*

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!