terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Medo na vida


Não é fácil evitar que o medo de errar nos suspenda a vida. Mas tem de ser uma luta constante nos nossos dias, tem de ser algo com que nos debatamos, de forma consciente e equilibrada para que nos dê a certeza de que não podemos deixar de viver por isso mas, ao mesmo tempo, que todas as nossas acções têm consequências. Isso também faz com que façamos uma constante aprendizagem e consciencialização de que o que temos, vivemos e somos é consequência do que vivemos, sentimos e escolhemos. Mais importante que isso é ser capaz de estar em paz precisamente com essa realidade - que as nossas acções têm consequências e que nós somos e temos o fruto de todas essas acções.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelas tuas palavras!

Maio, Fim-de-semana e (não) Férias

Maio tem sido moroso e trabalhoso e talvez por isso tem custado a passar... uns dias escapam-se mas no fim de contas o fim do mês parece qu...