Pesquisar neste blogue

domingo, 23 de janeiro de 2011

Expressão

...depois da exaustão...

Ele: "Desculpa. Desculpa ter feito o que fiz à tua vida. Desculpa ter sido o que fui quando me pediste para não o ser. Desculpa ter-te chateado tanto ao ponto de dizeres que vais restringir o meu número e que não queres que te fale mais. Tudo reflecte e mostra que nunca mais terei, infelizmente, um lugar na tua vida. Desculpa ter entrado na tua vida. Desculpa. Até um dia. É melhor assim depois de tudo. Só me estou a magoar ainda mais. Perdoa-me pela minha cobardia. Visto que nunca me perdoarás nada." 23.01.2011 às 1.29h

(...) não disse nada até que ele mandou "Não falas de nada do que disse...?"

Eu: "Que queres que diga àquela merda? Hun? Diz-me !? Só te posso dizer: Então adeus. E não, nunca te vou perdoar tudo isto e és o maior cobarde à face da terra." 23.01.2011 às 2.35h
Ele: "Então não te direi mais nada sendo assim, não me perdoas nem nada e eu é que sou cobarde." 23.01.2011 - 9.50h

Ele: "Caraças. Tu não vês que quero lutar...? Que quero tudo, até morrer por ti D...? Mas depois sou sempre desencorajado. Eu amo-te mas amo-te até me does mesmo o coração. Não conseguir comer pelo nó que tenho, não conseguir falar pois só quero chorar...é isto que sou actualmente, um bocado de carne com o coração desfeito e a querer amar e reconstruir tudo...obviamente contigo. Sei que me odeias e que não me vês contigo como já disseste, isso dói tanto...
És a minha vida e sempre o serás. Eu prometi-te estando nós deitados lado a lado que não me fartaria de ti... e que eras a minha vida e que irias ser a mão dos meus filhos. E é isso que quero e tenho que lutar. Mesmo tendo as minhas recaídas e dizendo que não aguento... eu tenho que conseguir e lutar. Tu és tudo para mim. Se não consigo lutar pelo amor da minha vida...o verdadeiro e único amor da minha vida, lutarei porquê então...? Amo-te D. Mas amo-te como sabes que sou capaz. Mesmo. Tu és A DEUSA. E serás sempre. Tu és o que me faz querer levantar ou não da cama de manhã, tu és o que me faz mover quando algo aconteceu e eu não consigo. Tu és o que me faz querer viver... tu és o que me faz querer ter uma vida... CONTIGO. MINHA E SÓ MINHA DEUSA, EU AMO-TE ATÉ NÃO O CONSEGUIR TER MAIS DENTRO DE MIM. E estou a ser verdadeiro. Acredita em mim por favor. Minha com bolinha verde, minha boneca pirata, minha deusa, minha D, minha mulher, minha amiga, minha tudo. Tu és tudo para mim" 23.01.2011 às 11.13h


(...)

4 comentários:

  1. Depois de tudo o que ele disse eu não aguentaria e voltaria.
    Agora tudo dependerá do que ele fez. E se as palavras e desejos são suficientes!
    **

    ResponderEliminar
  2. Não são! As palavras e as promessas não valem de nada. A ver as acções e atitudes. É isso que há para ver...

    ResponderEliminar
  3. Sim é verdade. E sei bem o que são palavras e acções que no corroem. E estou a passar por isso agorinha, neste preciso momento.
    As palavras não dão para voltar atrás do tempo. E as pessoas não se podem esqecer disso. Mas há pessoas q se especem. E parece q gostam de nos ver sofrer.

    ResponderEliminar
  4. É bem verdade, não se esquecem as acções e as palavras e promessas vãs. Enfim! O que irá mudar apenas poderia ser o demonstrar de outras acções e atitudes diferentes.

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!