Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Aventuras, descobertas... [um à parte]

Hoje fui fazer escalada.
O P. faz frequentemente e eu já há algum tempo queria ir e ainda não tinha tido oportunidade.
Hoje ele desafiou-me e eu aceitei a proposta. Às 18.30h apanhou-me.
Escalei duas vezes a mesma parede (uma rocha natural).

Custa e não é nada fácil (chega a ser frustrante) porque é necessária imensa força de braços que eu não tenho assim muita. Fiquei com os ante-braços e os dedos dormentes, completamente mas voltei a subir a mesma quando já me senti melhor. Já não demorei tanto... 
O que mais me custou e é verdadeiramente frustrante foi começar a subir, não me conseguia por na rocha, como ia conseguir subir, estive uns bons minutos a tentar até que tive de ter um empurrão (literalmente) para lá chegar (é o que dá não ter 1,80m).

Já há uns anos tinha escalado junto à praia mas era uma miúda e não tinha nada a ver com esta rocha que é bem mais exigente. Tanta foi a vez que me apeteceu desistir e descer porque não é fácil mas quando tinha essa vontade parava, concentrava-me, despejava o ar e dava impulso a mim mesma para continuar a subir. E consegui! E soube mesmo bem no final !!!

No final de contas é uma óptima sensação, nem sei explicar mas é libertador...
Faz-nos sentir fortes e poderosos, parece que podemos tudo depois de já lá estarmos em cima.
Pretendo repetir brevemente, logo que tenha oportunidade.
Tenho é de ganhar força de braços entretanto !

E vocês? Já fizeram? Gostavam de fazer? Que tal as vossas experiências?


Estão curiosas quanto ao desenrolar das minhas novidades da semana passada?

1 comentário:

  1. Escalada nunca experimentei, mas deve ser muito porreiro e se tens essa oportunidade continua pois é uma actividade física e também bastante mental!
    O desporto é isso mesmo: adrenalida e vontade de superar os limites do nosso corpo e mente.
    No inverno sou todo do ski e nas restantes estações do ano é BTT, (que é brutal, engloba tanta coisa que à partida se descura)

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!