Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Vida, a professora

Uma das certezas que a vida me trouxe com o passar do tempo foi a de que "tudo acontece por uma razão" e "tudo o que tem de acontecer (está destinado) acontece no matter what". Hoje, com o distanciamento (só agora permitido e possível) das situações, do que me aconteceu, consigo ter a clara percepção disso. Olhando para trás, tudo o que me aconteceu, a forma como aconteceu, o rumo que as coisas tomaram...fazem todas sentido e, por mais que, na altura, não consigamos ver que aconteceu assim porque assim tinha de ser e por uma razão maior, por mais que não aceitemos, que soframos, não consigamos compreender e nos custe horrores...foi da melhor forma. Afinal, se somos o que somos hoje é, em grande parte, pelo que passámos e porque as circunstâncias assim nos fizeram e transformaram.
Acredito, agora, que há algo superior a nós, que olha por nós, seja um Deus, uma estrela da sorte ou um anjinho que nos protege... que nos envia sinais de qual o melhor caminho e como será mais acertado agirmos (às vezes até por meio de pessoas a nós bem próximas) sem nos apercebermos. Muitas vezes , quando algo acontece mesmo contra  nossa vontade e os nossos desejos é por ser imperativo, por ser o melhor para nós, por ter mesmo de ser e que, por mais que na altura nos magoe, acabamos por vir, um dia, a conseguir compreender que foi melhor assim, que estava destinado e tinha de ter sido daquela forma para chegarmos onde chegámos hoje!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!