Pesquisar neste blogue

domingo, 17 de fevereiro de 2013

A doença da sociedade

Tenho a forte convicção de que o maior problema (defeito) das pessoas é a falta de educação que adoeceu esta nossa sociedade. Cada dia, com cada atitude, pelas acções mais simples e quotidianas. Desde o conduzir ao estacionar bem, desde o por o lixo no sítio ou recolher o cocó do cão na rua. Passando pela resposta torta ou o silêncio quando se é chamado. Seja na estrada, em casa, no prédio, no supermercado ou no serviço de finanças.




Sim, porque eu acredito verdadeiramente que para se ser "bem educado" não podemos esquecer que não vivemos sós, que partilhamos o mundo com outro alguém, que é como nós, que está mesmo ao nosso lado, que é afectado e sofre consequências daquilo que nós fazemos diariamente (do mais simples ao mais grave).

3 comentários:

  1. Eu acredito que o virus dessa doença começa em casa, quando crianças/adolescentes podem/têm a liberdade de viver sozinhos em família, apartir daí é só a descambar. E depois é o que se vê os "adultos" fazer, enfim!

    ResponderEliminar
  2. Tantas vezes, tantas que que falei sobre isso. Resta-me acreditar que se todos lançarem a semente em casa como eu fiz (nas minhas duas meninas) amanhã a sociedade e a partilha de espaço com o outro vai ser algo mais salutar e interessante de se viver;)
    Não podemos deixar morrer a esperança:)

    jinho

    ResponderEliminar
  3. Eu sofro na pele todos os dias esta situação o que mais me incomoda aqui são as pessoas que jogam lixo na rua,não importam onde estejam no,carro,no onibús passam e jogam depois a cidade fica em ponto de calamidade devido aos alagamentos não sei como é ai onde vives mas posso te dizer que aqui em são paulo e o triplo de pior aliás no Brasil inteiro..
    BJs e boa semana!

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!