Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Uma estrela no céu

Ontem faleceu o meu único tio materno.
Fui portadora da notícia, que carreguei como se de uma bomba se tratasse. Tive de me aguentar firme, ir buscar a minha prima e metê-la no avião para ir para casa, para junto da família. Ter de ficar cá, longe deles, longe de todos, não foi o mais fácil.
Não existem palavras para o que se passa cá dentro (da cabeça e do coração) de mim e de todos os que o amam. Mal dá para acreditar, mas é mesmo verdade e agora só há que ter força para seguir em frente.
Só posso acreditar que o que aconteceu foi o que tinha de acontecer e tudo tem uma razão (ainda que a desconheçamos no momento), o Senhor lá em cima sabe o que faz.


Fica em paz tio e não te esqueças de olhar por nós aí do alto.

1 comentário:

Muito obrigada pelas tuas palavras!