Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

A praga do bicho da madeira!

(a propósito disto)
Toda a nossa casa tem móveis de madeira. De vários tipos, de diferentes proveniências. Se esta praga nos atacar estamos feitos e isto até me faz doer a alma! Para esta casa temos tentado arranjar móveis bons, investimos o que pudemos nisso, são em madeira mas em segunda mão. Os quartos estão com móveis antigos, o quarto de hóspedes já foi reciclado, falta o nosso. Só de pensar que podemos perdê-los só me dá vontade de chorar, por mais parvo que possa parecer. É que temos móveis de madeira por todo o lado e se os atacarem podemos ter de nos desfazer deles!


Há já algum tempo que este assunto me preocupava porque desde que viemos para cá morar já encontrámos alguns bichos pelo chão (que nos parecem bichos da madeira). Eu na altura procurei informação sobre o tema na net e fiquei chocada com o que encontrei. Como temos móveis em madeira antigos que são para nós verdadeiras preciosidades, procurei expurgos para me aconselharem e houve um senhor que até se disponibilizou a cá passar em casa. Como também o chão da casa é de madeira, preocupava-me que estivéssemos condenados. 

O senhor esteve cá e disse que no chão dificilmente haveria bicho por ser em mogno (tipo de madeira que os bichos dificilmente atacam) e isso sossegou-me bastante. Mas os rodapés da casa são todos em madeira (diferente do mogno do soalho) e essa sim apresenta furos e provavelmente foi atacada. 
Falou de algumas peças serem de mogno também e, por isso, ser pouco provável estarem em perigo mas que outras, pelo contrário, por se tratarem de madeiras mais claras (cerejeira por exemplo) corriam sério risco. 
Aconselhou-me a estar atenta e pôr o produto para os bichos nos rodapés e em tudo o que visse com furinhos precavendo-me que estariam algumas peças em maior risco que outras.
Desde aí que fiquei mais descansada porque sabia que não era do chão e também não vi mais nenhum bichinho a passear-se pela casa mas ainda não tivemos tempo de aplicar o produto nos rodapés. Pensei até que pudessem ser bichos do papel e não da madeira.

Depois de ter visto aquilo na mesa da sala fiquei em choque e até dormi mal, ontem quando encontrei o criminoso nas mesinhas quase tive um fanico e agora estou mesmo preocupada (e triste) pelo risco de perdermos os nossos móveis à conta desta praga. Agora parece que estou num filme de perseguição - tenho de os procurar e encontrar as peças contaminadas para poder salvar o máximo possível cá em casa. Mas ponho-me a pensar que podem estar em qualquer sítio e por todo o lado, que vivem dentro das madeiras e que se multiplicam e que contagiam peças atrás de peças!!! Enfim, é um verdadeiro filme de terror!

Mas podem crer que declaro guerra aberta à peste que entrou sem ser convidada e me está a levar os móveis porta fora!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!