Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Um dia novo, a cada dia!

Nada como uma dor de cabeça terrível na noite anterior e um amanhecer completamente fresco depois de uma noite de descanso (que bem precisava) para que tenhamos consciência de como tudo é tão relativo e como a vida muda, constantemente e a cada minuto. 
Ontem quando cheguei a casa estava esganada de fome, consequentemente, com péssimo humor e com uma dor de cabeça que fazia com que parecesse pesar toneladas (como há já muito tempo não sentia). Ainda resisti durante algum tempo mas acabei por me resignar e tomar um comprimido antes de me ir deitar. Doía-me tudo. Já não era só a cabeça que pesava toneladas, era também a barriga que chateava e sei lá mais o quê. 
Hoje, depois de uma noite de descanso, um novo acordar e um novo dia, aquilo que ontem senti, quase parece irreal, de tão diferente que me parece. Não posso dizer que hoje é um dia maravilhoso ou que estou aqui "no melhor do meu melhor" mas dei-me conta de como é rica e próspera a vida ao perceber que aquilo que tanta dor me causara há tão pouco tempo, agora é quase uma miragem. E afinal, não é assim mesmo a nossa vida!?! 


Boa sexta-feira!

1 comentário:

  1. Há dias assim, há dias piores e há dias melhore, é mesmo assim a vida :)

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!