terça-feira, 24 de abril de 2018

Jantares de amigos

Véspera de feriado a meio da semana 
Desculpa ideal para um jantar lá por casa com aqueles amigos especiais


É engraçado constatar que no último ano, desde que nos mudámos para a casa onde estamos agora, temos recebido muito mais vezes aqueles que nos são queridos em casa, para jantar, para almoçar, para lanchar, para o que quer que seja, com uma mesa no meio como pretexto.

A casa onde estávamos antes permitia-nos, dadas as suas características, receber muita gente porque tinha muitos quartos/camas e isso deixava-me muito contente porque muitas vezes enchemos a casa, qual hostel amador. Mas não tinha uma coisa que esta agora tem e nós começámos a valorizar muito mais: uma sala ampla e espaçosa onde podemos ter uma mesa extensível e juntar muita gente em alegre convívio. Apesar de esta casa ser bem mais pequena (é metade do tamanho da outra) que a anterior, ensinou-nos que isso não é o mais importante.

Hoje valorizamos muito mais uma sala que possa ter uma área de refeição maior e uma zona de estar mais confortável do que alguma vez pensámos valorizar, e muito mais do que vários quartos de dormir, afinal quem quiser vir tem lugar na mesma.

Esta foi uma das muitas coisas que aprendemos com a mudança de um T4 para um T2 e somos muito agradecidos por toda a aprendizagem que esta nos trouxe. Nem tudo corre de acordo com a nossa vontade ou os nossos planos e a escolha de uma casa onde morar não foge a essa realidade (muito pelo contrário, é do que é mais difícil encontrar tal como imaginámos) mas é muito interessante dar-mo-nos conta que tudo isso, mesmo o que menos desejamos ou o que é contra a nossa vontade, nos traz tanta aprendizagem e crescimento.

4 comentários:

  1. Concordo!
    Acho que essa ideia de ter um quarto de visitas para os amigos ficarem é muito ideia de adolescente :) Quando se é adulto, queremos é voltar para a nossa casinha depois dessas jantaradas ou convívios. Já ninguém tem paciência para noitadas, para ficar tudo ao molho no mesmo espaço... Os meus amigos vivem, no máximo, a 50kms de mim. Podem perfeitamente ir-se embora quando quiserem porque têm carro, raramente alguém quer passar a noite quando se tem essa comodidade de poder ir e vir quando apetece. A não ser em situações específicas em que alguém vem mesmo para passar uns dias, faz muito pouco sentido ter muito espaço para as pessoas pernoitarem. É mais importante ter um espaço de refeições ou convívio amplo, onde se possa juntar muita gente à mesa! Pelo menos é assim que nos tem mostrado a nossa experiência. Um dos nossos casais amigos tem um T1 minúsculo e as jantaradas na casa deles são sempre tão acolhedoras que há sempre espaço para mais um :p Não é preciso uma casa enorme para fazer caber quem vem por amor :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No nosso caso recebemos mesmo pessoas para ficarem alguns dias connosco com alguma frequência (familiares distantes e amigos que estão fora) e adoramos fazê-lo - era uma das coisas que mais gostava na outra casa. Mas não se aplicava aos casos de amigos com quem estamos que depois ficam lá a dormir, como quando éramos adolescentes (nem nessa altura isso aconteceu comigo xD) tal como referes!
      Ainda assim, para ter visitas não precisamos de muito mais que uma cama (um quarto a mais) e um sofá e boa vontade.
      É exactamente como dizes: não é por termos uma casa grande que o amor se multiplica nem por teres uma mais pequena que não esteja a abarrotar de amor :) <3

      Eliminar
  2. Eu gosto muito de receber amigos cá em casa, confesso até que gosto mais de receber amigos cá em casa do que alguns familiares :)
    Nada como um bom serão para animar os finais de dia!

    ResponderEliminar

Obrigada pelas tuas palavras!

Desafios e Sonhos

É curioso aperceber-mo-nos que a nossa disponibilidade financeira tem muita influência na forma como encaramos as coisas - se formos pesso...