Pesquisar neste blogue

domingo, 12 de dezembro de 2010

Love

Se tu soubesses como te amo...
Amo-te ao ponto das saudades fazerem doer no peito.
Apertarem tanto o coração e darem um nó na garganta.

Amo-te ao ponto de não querer passar mais os meus dias sozinha.
E de só os querer passar contigo.

Amo-te para além das minhas palavras, para além das minhas forças, para além de todos os obstáculos e todas as barreiras a que somos forçados.

Amo-te tanto, tanto e, por incrível que pareça, cada dia um pouco mais.

Amo-te ao ponto de te dizer que te AMO.





Ao meu R.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!