Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 24 de março de 2011

Foi-se...


Depois de ver chumbado o PEC4, lá apresentou a sua demissão o [querido] Sócrates.

"Amanhã", oxalá Portugal não caia em si e se arrependa do que hoje aconteceu (em vez de celebrar a queda dum Governo, seja ele qual for, num momento como aquele pelo qual está o país a passar!).
Irá custar, não "ao país", não aos "cofres do Estado", mas a cada cidadão contribuinte (ou futuro), a cada cidadão os "olhos da cara". Vai-nos sair, a CADA PORTUGUÊS e a mais ninguém, cada cêntimo dos nossos bolsos.
Além de todo o Estado em que já está o país, a imagem do país lá fora será a pior além duma miséria ainda maior devido a milhares gastos em eleições. 
Era assim que se queria melhorar a situação do país?
O melhor era mesmo derrubar o Governo sendo ele deste ou daquele Primeiro Ministro?

1 comentário:

  1. Caso para dizer: Medo, muito medo onde este país vai parar.. :/

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!