Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Aquilo de que és capaz

Há quanto tempo já não sabia o que era sentir borboletas no estômago, o aperto no peito e nó na garganta. A inquietude que me trazes, o desassossego desconcentram-me e nem sei como se lida com isto. Espero que passe?! É que não sei mesmo o que é que me andas a fazer e como reagir a isto. Será suposto reagir? Já não tenho idade para ter este tipo dúvidas e ser assombrada por este tipo de dilemas… Pareço uma autentica miúda CREDO!


Estás a conseguir dar-me a volta! Isto não é normal!!!
Já me tinha esquecido do que era...

1 comentário:

Muito obrigada pelas tuas palavras!