Pesquisar neste blogue

terça-feira, 10 de maio de 2011

Com tudo isto

...tenho sentido imensa falta do N. porque não tenho tido sequer tempo de falar tanto com ele e muito menos lhe dar a "atenção" que gostaria. 
A cada dia me é mais especial aquele! Ai meu Deus que medo tenho eu de me envolver e voltar a criar infundadas expectativas e, por consequência, vir a sofrer com isso como já sofri!
Ele é um querido e é aquela pessoa que mexe comigo, sempre mexeu, ainda por cima temos uma história no passado que, boa ou menos boa, faz com que ele seja muito especial e único para mim.
No fim de semana soube que o R. estava no funeral da avó acompanhado... Não sei se mexeu comigo ou se foi para mim um alívio. Já nem me importo. Ele magoou-me tanto, mas tanto, como ninguém! Mas não lhe desejo mal, quero é que ele continue longe, bem longe de mim. Nem consigo pensar mais em alguma vez sequer voltar a falar com ele. É muito mau mas nem o quero ver mais na minha vida e, muito menos, ter alguma coisa a ver com ele. E isso tem vindo, aos poucos e poucos, a acontecer. O tempo ajuda mesmo imenso, a verdade é essa embora quando nos magoa ou estamos a sofrer isso não interesse absolutamente para nada...

1 comentário:

  1. e quando já não te incomoda esses factos é sinal que também já seguiste em frente :)

    bjokas

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!