Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Isto é cá uma animação!


No sábado foi o jantar de aniversário da Sopa (J.) no ORIZON (pertencente ao grupo Chimarrão) do Campo Pequeno. Para ir para o restaurante fui ter a casa da Sopa e fui, com ela e com o namorado, no carro deles, para lá. Tendo em conta que só conhecia o namorado e mais um amigo que já tinha estado num jantar em casa dela a que eu fui estava a prever não me sentir muito à vontade no meio de tanta gente desconhecida. Ao início foi um bocado estranho mas, num instante, comecei a falar com o tal amigo que já conhecia do jantar do ano passado (Ms.) e com mais um que meteu logo conversa comigo (G.).
Fartá-mo-nos de rir o jantar todo, sempre com muito boa disposição e brincadeira.
Entre percalços como ter guardado o telemóvel do G. por engano (porque é igual ao meu) e termos usurpado a publicidade à sangria e à caipirinha ("Vai uma???" e "Deliciosa" que foram as estrelas da noite e que acabei por trazer para casa) acabou-se o jantar e rumámos às docas. 
 Estivemos no IN CLUB até sensivelmente às duas... e depois fomos até ao INCOGNITUS (não me perguntem onde é que é porque eu não faço ideia!) mas não gostei nada. Estava super cheio, ninguém se mexia, estava imenso fumo, a música não seria do meu gosto...enfim! O que vale é que estávamos um grupo porreiro muito bem dispostos e tudo mais. A mim só me doíam os pés (IMENSO! Estava de saltos porque não tinha previsto a situação de irmos sair) e às tantas acabei por sair de lá com o G. e estar um pouco na rua sentados. Pouco depois eles saíram todos também e fomos para casa. Rondavam as 5h da manhã. Note-se que fui, depois do restaurante sempre com o G. e o Ms. (no carro do primeiro) e demo-nos como se há anos nos conhecêssemos. Só riamos e fazíamos palhaçadas. Trouxeram-me a casa.
Quando me dou conta, não tinha um dos telemóveis. Pensei logo que o tinha perdido no meio de tanta coisa naquela noite... mas lá me lembrei que podia ter ficado no carro dele. Liguei a pedir-lhes que lá vissem e pouco depois estava a ligar para o meu número perdido na esperança de que, uma vez perdido, ainda houvessem almas caridosas que se dessem ao trabalho de o entregar. Chamava mas desligaram-me a chamada ao fim de alguns toques. Tentei ligar para o G. mas não estava a dar, dizia que estava ocupado (estava ele a tentar ligar-me). "Tens uma foto muito gira aqui com uma camisola cor de rosa" (a minha imagem de fundo) e eu só respirei de alívio. Agradeci e ele disse que mo vinha trazer mas era tarde e ele mora longe por isso disse-lhe que viesse noutro dia e não se preocupasse porque eu continuava a ter o outro telemóvel, não ia morrer por isso. 


Ontem à tarde (por volta das 17h) ele veio a Lisboa e trouxe-mo. Veio cá ter e estivemos na esplanada a conversar e no jardim da faculdade. Ele trabalha com crianças portadoras de deficiência por isso pedi-lhe ajuda para o trabalho que entrego até ao final da semana, então esteve-me a contar o que faz e isso muito genericamente!
Ao fim do dia: "Amanhã jantamos?"
Acabei por adiar a resposta... Não perde tempo!

2 comentários:

  1. A vida é feita destas pequenas escolhas.
    Eu recebi uma proposta para jantar e tudo o que quisesse sem compromisso. Ainda falam dos rapazes.. mas as raparigas estão bem piores! "Tempo? Pra quê..". Teve azar que não estou para essas coisas. Mas esse até parece "sim senhor", boa sorte!

    ResponderEliminar
  2. http://www.incognitobar.com/

    deve ter sido este :)

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!