Pesquisar neste blogue

terça-feira, 10 de maio de 2011

Peripécias (round 4)



O B. estava de moletas, coitado, teve um acidente no Futebol! Que triste sorte. Foi o "caloiro exemplo" que foi traçado primeiro pela K.  (sua madrinha) e dei-lhe logo um beijinho de parabéns e desejei-lhe muitas felicidades, é um rapaz especial, muito diferente de qualquer outra pessoa e impecável. Estamos sempre a picar-nos e a mandar vir mas é a nossa maneira de mostrar que nos importamos e gostamos um do outro. Não fazia a mais pálida ideia mas depois de já não estarmos juntos ele mandou-me mensagem a agradecer eu ter sido a primeira a felicitá-lo e a confessar-me que, para ele, eu era a sua verdadeira madrinha, a de coração mesmo, mas na altura ela escolheu-o e não sei que mais. Foram umas palavras mesmo bonitas e fiquei emocionada e feliz porque foi algo sentido e que eu sei que é mesmo genuíno e surpreendeu-me, não estava mesmo nada à espera dizendo e mostrando que eu tive um (bom) impacto na vida dele.


Estive com a F. e a R. da minha antiga casa que também trajaram e, embora pouco tempo, foi bom termos nos encontrado! 
O meu querido padrinho foi dar-me um beijinho e para mim isso foi importante. É o último ano dele na Faculdade e o ano passado nem estivemos juntos naquele dia infelizmente.Fiquei contente por ter por perto pessoas tão importantes para mim embora me faltem essenciais, ainda assim mas que terão que levar comigo um dia destes não tarda!
Acabámos por ir para o Bairro Alto um bocado pois já estávamos fartos da Serenata e ficámos lá num bar no qual só estávamos nós. Eu, a S., a I.P., os meus queridos afilhados (F. e A.), o M. e o Y...
O F. foi um querido o tempo todo e foi um bocado bem passado com todos eles. Ohhhh! Agora já não tenho caloiros e os meus "bebés" já estão crescidinhos! Nostalgia...
Às tantas fomos despachados do local por ser hora de fecho e, apesar de ter ainda alguma vontade de ficar com o pessoal e continuar o serão, ficámos só mais algum tempinho e fomos para casa. A S. trouxe-me, eram pouco depois das 3h da manhã estava na cama, finalmente. Na minha cama. 


Hoje estou a morrer de sono e tenho muitas forças e energias a recuperar e pôr muita coisa em dia para esta semana porque já tenho muito trabalho em atraso e estamos em Maio (os exames estão mesmo aí à porta e este mês será muito agitado e concorrido)!!! E pronto parece que, finalmente, é tudo, por agora!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!