Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Não sei.

Não sei se estarei com ele daqui a um mês, um ano ou uma semana.
Não sei sequer se amanhã vamos ficar juntos.
Não sei quanto tempo vai durar, se é a sério, se será para sempre, não encontro a data de validade da coisa. Por mais que me esforçasse não iria encontrar, seria esforço em vão, tempo perdido.
Não sei se será o tal, se me fará sua mulher algum dia, se vamos viver juntos e se seremos felizes durante anos a fio.
Não sei.
Só sei, neste momento, que é com ele que quero estar.
Que ele me faz sorrir, que me compreende, que me deixa feliz saber que ele estará por perto. 
Ele provoca-me arrepios e friozinhos na barriga, apertos no peito. Ele faz-me sentir segura, protegida, confortável. Ele trouxe paz à minha vida. Ele trouxe estabilidade, carinho. Ele preocupa-se, importa-se, pergunta como correu o meu dia, se estou bem... Ele faz-me feliz.


Não sei quanto tempo durará e qual o prazo deste conjunto de sentimentos bons que ele me veio oferecer mas sei o que sinto no momento, dia após dia e isso chega-me por agora.
Sei que o que tiver de acontecer, acontecerá e como tiver de ser, será.
Não vou fazer planos, não vou especular nem preocupar-me com o futuro porque o futuro que me pode preocupar é apenas e só o amanhã e com esse não tenho ainda razões para me preocupar.

Estarei a agir mal? Será errado?
Quererá isto dizer que não o quero a sério ou que não virei a amá-lo ou ficar com ele muito tempo?
Não sei mas, sinceramente, não me parece! 
O que acham vocês?

3 comentários:

  1. hmmm... não sou perita na coisa mas quando se sente aquilo tudo de friozinhos e essas coisas é porque se sente alguma coisa pela pessoa.
    Leva um dia de cada vez.

    ResponderEliminar
  2. Hum.. o que eu acho ? Que não és pessoa de fazer planos a longo prazo :bb Mas sim , gostas definitivamente dele +.+

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!