Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 14 de março de 2012

Ieri notte

Ontem à noite fui, pela primeira vez, “jantar” a um snack bar do centro histórico para um “aperitivo”. Acontece todas as terças feiras à noite e basicamente consiste na oferta de comida aos ERASMUS na compra de uma bebida. Ou seja, só pagamos o que bebermos e comemos o que eles nos deram. Comi pasta (que era muita boa) carbonara e mini tostas com tartufo, peixe e não sei mais o quê sempre com queijo derretido. Feitas as contas, a primeira bebida foi-me oferecida pelo GM e só paguei 4€ por uma VODKA que, depois de comer, decidi beber - até porque lá se dança também e eu estava a precisar de aquecer com o gelo que tem estado.


O GM faz parte do grupo de ERASMUS que nos recebe cá (do qual também a SS e a maior parte dos italianos que conheço fazem) e ontem passou a apanhar-me quando ia para lá, como era a minha primeira vez, fui com ele. Durante a noite – e como sempre – ele bebeu um pouco e fez-se a mim mas desta vez foi bem mais insistente e quis ate acompanhar-me a casa quando lhe disse que ia embora (sozinha, porque já não estava a achar piada, tinha aulas esta manha e não queria estragar a festa a ninguém por já não estar com espírito). Esta manha mandou-me uma mensagem a desculpar-se, deve ter-se envergonhado imenso quando se lembrou do que me disse ontem à noite, quis beijar-me e tudo. Eu como já percebi, desde a primeira vez em que o vi bevuto (bêbado), que ele é mesmo assim, não levo a mal – e, muito menos, a sério.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!