Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Últimas horas em Roma

Continuação...

Quando nos pusemos a caminho novamente, encontrámos a VIA DEL CORSO descendo-a, ou seja, virando à nossa esquerda. Rapidamente demos de caras com o edifício da ZARA, metia respeito. Todo um edifício só para aquela loja, com três andares, muito amplo. Entrámos e passámos os pisos de mulher e homem (só não fomos à ZARA KIDS). Saímos e passámos num pequeno centro comercial (chamadas Galerias). 


Acabámos por não conseguir perguntar a ninguém pela H&M e não a conseguimos encontrar até porque já estava escuro e, penso, provavelmente estaria fechada. Descobri depois que há uma enorme (ao que consta, também de 3andares) na mesma VIA DEL CORSO. Nós virámos à esquerda descendo e a H&M estava mesmo pouco antes, virando, em vez disso, à direita, "subindo" a rua. Bolas! Estava escrito que não a devíamos encontrar…


Fomos até à PIAZZA COLONNA e, depois disso, decidimos procurar algum sítio para jantar lá para os lados do PANTEÃO que estava ali próximo. Seguimos pela VIA DEL CORSO e virámos na VIA DEL SEMINARIO.


Junto ao Panteão


Parámos para umas fotos julgo bem próximo no PANTEÃO com umas colunas romanas inspiradoras iluminadas - isto quando nos dirigíamos àquela zona (Piazza NAVONA e PANTEON) na busca de um sítio em conta para jantarmos. No entretanto liga-nos a I. a perguntar se estávamos a pensar voltar a casa por aquela altura e se queríamos jantar com eles (ela e o namorado). Nós concordámos, era excelente ideia e combinámos encontrar-nos em casa dela. 


Decidimos apanhar metro na estação mais próxima (BARBERINI). Voltámos atrás, passando a VIA DEL SEMINARIO, seguindo pela VIA DEL CORSO novamente e, finalmente, apanhando a VIA DEL TRITONE que percorremos até ao fim onde encontrámos a FONTANA DEL TRITONE (tirámos umas fotos rápidas, claro!) e demos com a estação do metro, FECHADA!!! Deviam ser 21h! Apressámo-nos a procurar uma solução para ir para BASTITINI (estação de metro mais próxima da sua casa onde, pensámos, poderíamos apanhar autocarro até a casa da I.).


Fontana del Tritone


Até que conseguíssemos apanhar o autocarro foi uma complicação para trocar a nota que tínhamos (20€ que é o mínimo que as caixas multibanco dão) para podermos comprar bilhetes, descobrir qual o número do autocarro que devíamos apanhar e onde (estávamos numa praça e haviam imensas paragens em várias partes, que não indicavam os números dos autocarros correctamente). Apanhámos o autocarro errado depois de termos corrido que nem loucos para tal. Assim que pudemos saímos e pedimos informações. 


Tivemos de andar ainda um bocado de acordo com as indicações dadas e mais uma vez, quando vimos o autocarro a chegar, não sabíamos onde era a paragem e fomos a correr atrás dele até que parasse. O que nos valeram foram os semáforos, que o detiveram por uns minutos, para que o conseguíssemos apanhar. Ainda por cima ia apinhado de gente que era uma coisa impressionante!


Com ainda poucos minutos de viagem a I. liga a perguntar onde estávamos, lá lhe expliquei e ela disse que, sendo assim (como também já era tarde) iam ter connosco a BASTITINI e íamos comer uma pizza fora. Assim foi! Chegámos e pouco depois chegaram eles, apanharam-nos e fomos jantar a um restaurante que pertence a uma cadeia de restaurantes de NÁPOLES de onde são as melhores pizzas segundo consta.


Ainda nos demorámos algum tempo porque esqueceram-se de uma das pizzas e atrasou tudo. Oferecemos à I. uma fita da faculdade onde esteve em Lisboa a fazer ERASMUS escrita por nós - a agradecer tudo e a desejar tudo de bom, uma vez que ela, pelo que percebi, licenciou-se recentemente lembrámo-nos disto - como agradecimento por toda a simpatia (não terei nunca como agradecer-lhe a forma como nos tratou e recebeu sem nos conhecer de lado nenhum), bem como um calendário com imagens de Lisboa e alguns postais simbólicos.


Cadeados do amor eterno


Depois do jantar finalmente terminar fomos até uma famosa ponte sobre o RIO TIBRE - que ficou famosa num filme conhecido - que está repleta de "cadeados do amor" (lucchetti del amore). 


Em Itália há um hábito de escrever os nomes dos apaixonados num cadeado e colocá-lo preso a outros tantos cadeados não sei o que se faz com a chave mas, como a ideia é tornar o amor eterno, devem deitá-las ao rio talvez.


Tirámos algumas fotos e regressámos a casa já depois da 1h. Combinou-se as horas para o dia seguinte, a I. ia deixar o G. ao aeroporto e a mim à estação. Despedimo-nos e fomos cada um dormir. Nós ainda demorámos a deitar-nos uma vez que tínhamos de fazer malas, arrumar as coisas todas e deixar mais ou menos organizado o apartamento e as coisas para o pequeno almoço do dia seguinte.


Dormimos muito poucas horas. Às 7h tinha ficado combinado dela passar a apanhar-nos. Atrasou-se uns 15min e tivemos de fazer uma verdadeira maratona até ao aeroporto para podermos chegar a tempo do voo do G. Apesar de não ser muita a distância, o trânsito complicava as coisas. Lá conseguimos chegar mesmo a tempo - 7.45h. Deixámo-lo e o problema era, agora, o meu autocarro que era às 8.30h mas eu não estava muito preocupada porque pensei que conseguiria no máximo apanhar o seguinte (das 9h) e que trocaria o bilhete que já tinha comprado, tranquilamente.


Ela disse-me que não conseguiríamos, de certeza, chegar a tempo à estação de autocarros com o carro (por causa do trânsito) e então deixou-me numa estação de comboios. Esperei pelo comboio em AURELIA, que me levaria à última estação, TERMINI, onde apanharia, por sua vez, o metro para a estação de autocarros.

Nunca pensei que levasse tanto tempo mas levou e cheguei às 9.30h à estação de autocarros. Mesmo tendo andado o mais depressa possível (com uma mala gigante atrás)...


 P.s. As fotos são da minha autoria. Agradeço que, se as quiserem usar, falem comigo primeiro!

4 comentários:

  1. grande aventura, até fiquei cansada com tanta correria :P
    acho graça a essa tradição dos cadeados.

    Bjokas

    ResponderEliminar
  2. Adoro! Tb quero muito ir a Roma :)

    xoxo F.

    ResponderEliminar
  3. Tal como te tinha dito, tenho viagem a Roma marcada =) Vou dia 25 de Maio de manhã e regresso dia 28 ao meio dia. E agora estou assim um bocado preocupada por causa dos transportes públicos... Tens que me dar umas dicas :p

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!