Pesquisar neste blogue

sábado, 12 de maio de 2012

Oh Dio!


Ontem, o GM veio cá jantar, pelas 21h. Falei também com a SS mas ela à última da hora não conseguiu vir. Começou logo bem quando ele entra e diz que não come peixe tendo eu feito, precisamente, atum! Lá desenrasquei qualquer coisa às três pancadas pró menino… Bebemos vinho ao jantar. Só nós dois despachámos uma garrafa e eu nem sou fã de tal coisa.
 

Saímos de casa eram 22.40h, já supostamente "atrasados". Ainda passámos em sua casa a buscar uma garrafa quase cheia de gin – uma vez que eu tinha ficado de comprar mas, como não tinha encontrado a outra bebida que ele me tinha pedido disse-lho antes e ficou ele de tratar de bebidas. Ora não é que ele pensou que eu só não tinha comprado aquela bebida que lhe falei? E eu a pensar que ele comprava! Bela figura, ambos – e seguimos para o local marcado. Não estava ninguém. Fomos ter com a SS a sua casa lá perto e passada quase uma hora então encontrámo-nos com o restante grupo, no local marcado.

Eu sai de casa da SS já tocada. Quando parámos no sítio onde estavam todos é que foram elas! Nunca estive assim, acho que foi bebedeira verdadeira! De tal maneira que nem conseguia ver as pessoas que não estivessem a menos de meio metro de mim. Bolas! Estava constantemente a ir ao WC do pub mais próximo porque, como estava a beber, tinha sempre xixi. Numa das vezes, o GM acompanhou-me e, numa das mil investidas da noite (e de sempre desde que nos conhecemos), beijou-me. Já em casa da SS tenho impressão que me deu um selinho mas eu nem fiz caso uma vez que não foi (de todo) retribuído e foi mesmo para meter-se comigo. No pub foi diferente. Já correspondi mas não faço ideia do que fiz mais. Fomos ter com o grupo como se nada fosse.
Esta manhã não me lembrava sequer como tinha chegado a casa, não sei a que horas voltei (estimo que tenha sido lá para as 2h), não me lembro de muita coisa, são como vazios naquela noite. Muahahahah! Que figura, agora só me dá para rir. A verdade é que é uma vergonha mas…faz parte. Ahahaha. Não haja dúvida que estava mesmo alegre e soltei a minha veia mais sem filtros (quase wild) que tento sempre conter.


Quando decidimos ir embora (não sei quem decidiu, se se foram todos embora ou só nós, …) fomos (eu e o GM) acompanhar a SS a casa. E depois ele deixava-me na minha. Algures antes lembrei-me de o encarregar de o fazer, talvez assim que percebi o estado para o qual caminhava.
Agora já me lembro, viemos no seu carro, ele estacionou em frente à minha casa e eu já lhe tinha dado as chaves. Abriu ele a porta uma vez que eu, quando o tentei fazer, nem fui capaz. Tenho a ligeira sensação que até me levou ao colo a subir as escadas mas não posso garantir nada. Pronto, foi por-me ao quarto/cama e por cá ficou também até hoje de manhã…! Enfim.

Não dormi nada. Porque não cabem duas pessoas que nunca dormiram juntas numa cama de solteiro e aquele ressona ainda por cima! E esta manhã quando cai em mim tinha uma dor de cabeça chata mas não forte (graças a Deus!) e perguntei-lhe onde estava o seu carro!!!! Não sabia como tínhamos cá chegado e não sabia se ele tinha trazido o carro o tínhamos vindo a pé. Oh sorte. Lá me disse que estava estacionado à minha porta. E quando saiu esta manhã a minha colega de casa estava no corredor (que só por acaso, é colega dele, são do mesmo ano de universidade e conhecem-se desde que começaram o curso!). 

Bela noitada Verdezolhos, bela noitada. Quero ver como vais estudar agora até mais não e como será daqui a uma semana já livre de todos os testes e trabalhos. Ou melhor, nem quero ver!!!


O dia hoje foi ir ao mercado de manhã com a D. E o calor insuportável que está?!? BOLAS! Com a quantidade de álcool que ainda tinha no sangue estava a ver que me dava uma coisinha má. E depois foi falar com o G. (tentar) explicar - uma vez que não se explica e nem eu me compreendo ("sou instável e confusa") - o que se passou...até há pouco e embora tenha ficado "resolvido" não é algo bom e muito menos bonito da minha parte para com ele, não é correcto e ele não o merece. Mas não somos namorados e sinto que, antes de me comprometer seriamente com quem quer que seja, depois dos namoros/relações que tive antes (o tempo que duraram e como foram), tenho de fazer TUDO "o que me dá na telha". Sou nova, tenho ainda muito para viver e não estou preparada para uma relação de casinha já. Agora tenho mesmo de estudar!!!

BOM FIM DE SEMANA!

2 comentários:

  1. Ora, foi uma noite interessante eheh :P E noites assim fazem parte e também são necessárias minha querida! Bom estudo e espero que a dor de cabeça "chata" vá embora rápido!

    GIVEAWAY no meu blog :) Participa!
    http://vanvelfashphtgrphy.blogspot.pt/2012/05/pampa-mia-giveaway-1.html

    ResponderEliminar
  2. Deixa lá querida... olha eu, hoje, aos 28 anos é que fiquei com os copos de verdade. Uma relação de quase 11 anos que não evolui, decidi ir jantar sozinha e deu asneira...

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!