Pesquisar neste blogue

sábado, 5 de maio de 2012

Passam-se semanas

em que não se passa absolutamente nada!
Ontem tive dois convites para jantar.
 
Decidi ir jantar com as minhas colegas de casa - ou seja, comer um KEBAB - e ir ter com a SS e os do costume, depois de comer, a casa dela. Assim foi. Não foi nada de especial...estivemos por casa a conversar, a rir e dizer disparates.


Tinha uma dor de cabeça chata e dor de dente ligeira... Mas com dois copos de vinho a coisa melhorou.
A mãe da S mandou-me por ela (e ela entregou-e ontem) uma lata de NESQUIK pequena. Quando estive em casa deles na Páscoa reparei que a lata que tinham era daquelas amarelas, ainda em plástico que já não vejo à venda em Portugal (nem nunca vi aqui, NESQUIK em geral, nem sabia que existia) e confidenciei à sua mãe que era engraçado, que me faziam lembrar a minha infância, que era quando existiam aquelas. Foi um pequeno gesto da sua parte que me deixou verdadeiramente radiante, ter-se lembrado de me mandar aquilo, depois de lhe ter dito tal coisa, foi mesmo querido da sua parte.
No final tive boleia do GM para casa. Regressei a casa feliz e contente com a pequena lata de plástico amarela.

Não consigo explicar porquê mas assim que sai do carro dele e deparei-me com os escassos quilómetros que deveria percorrer até casa, um misto de solidão e tristeza imenso abateu-se sobre mim e vieram-me as lágrimas aos olhos. Já de madrugada, naquela rua deserta e gelada senti-me perdida. Completamente sem norte... e doeu tanto aperceber-me do quão sozinha estava /estou.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!