Pesquisar neste blogue

terça-feira, 12 de junho de 2012

E continua...!

Chegou a casa como se nada se tivesse passado, completamente na maior, fez a personagem de mãe dedicada e extremamente preocupada, falou como se se dirigisse a uma criança. Fez-se de querida e carinhosa, aquele papelão que provoca um nó na garganta e vira do avesso o estômago.
Ligou ao amigo e ficou ao telemóvel enquanto eu cozinhava e preparava o almoço. Não disse absolutamente nada sobre o dia de ontem e agiu como se eu fosse uma perfeita estúpida que nada entende ou sabe...

Tínhamos combinado ir esta noite aos santos, estar lá pelas 19.30h.

Ela saiu com duas ou três coisas rápidas (segundo as suas próprias palavras) para fazer pelas 15h e ainda não voltou. Mais! Supostamente deveria estar cá pelas 17h para que o G. ajudasse numa coisa dela mas nem isso. Mandei já duas mensagens que foram COMPLETAMENTE ignoradas. Eu podia morrer que ela nem dava por nada. Já passa das 19.30h e continuo à espera, sem chave de casa e prestes a sair dentro de 40min...porque tinha combinado até sair mais cedo. Juro que não sei o que é suposto fazer.

3 comentários:

  1. Tenta descontrair ao máximo, apoiando-te nso que gostam de ti e sem ligares a essas coisas:s começa a ignorar, é o q fazes de melhor
    Rita

    ResponderEliminar
  2. Espero que tenhas aproveitado, porque pelos vistos as coisas por ai não andam nada fáceis...
    Muita força e coragem...

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!