Pesquisar neste blogue

sábado, 21 de julho de 2012

Tendo em conta que não tenho nem carro nem avião...


Se agora que ele só está a meia hora de carro de distância, ainda que não nas melhores condições físicas, já ando assim, cabisbaixo, sem conseguir evitar um pesar no olhar e custos excessivos em esboçar sorrisos, nem quero imaginar (embora não me saia da cabeça), quando estiver a uma hora e meia de avião, como aguentarei cerca de um mês longe deste homem!!! Oh sorte!
Hoje acho que não consigo ir ter com ele, se calhar é por isso que me a afectar assim. E como é que eu faço neste sábado, sozinha em casa, sem ter como sair nem ir ter com o meu mais que tudo?! FOGE!

2 comentários:

  1. querida, desculpa a correção: cabisbaixo*

    beijinho*

    (e paciência! com paciência e amor, as féria toleram-se melhor!)

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigada querida. Pela correcção xD e pela dica! Que remédio! É esperar e ter paciência e tentar aproveitar o máximo e melhor possível o tempo que ainda temos juntos (o quanto possível)!

    Um beijinho

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!