Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Encontro às 23h




Deve ter sido por volta dessa hora que ele voltou a vir ter comigo (depois de termos jantado juntos e ele ter saído) após mais um dia cheio e difícil para ambos - agora tem sido sempre assim e parece que irá continuar. A verdade é que tenho andado muitas vezes com uma neura incrível e ele leva por tabela sem culpa nenhuma ou por pequenas coisas insignificantes. Mas sei que esta fase mais preocupante, difícil e angustiante que estamos a viver é isso mesmo: uma fase. E, mais importante, sei que estamos juntos nisto e naquilo que vier quando do nada e apesar de tudo o que está à nossa volta nos divertimos juntos, ao final dum dia cheio, esgotados, dançando e cantando como dois patetas no carro velho que ele agora tem. É isso que me enche o coração e é isso que me aquece a alma: saber que tenho o homem certo para mim do meu lado.

2 comentários:

  1. Ânimo e aproveita os momentos com ele para pensar em coisas boas... esquece as coisas menos boas que aconteceram durante o dia...

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!