Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Esclareçam-me lá se faz favor

Se uma pessoa se candidata a um apoio do Estado é porque não tem dinheiro, certo? Ou então porque quer ter mais dinheiro do que tem, porque precisa de ajuda, ou não?! Então se a pessoa não tem dinheiro e precisa da ajuda do Estado (e é por isso que se candidata), qual é o sentido de fazê-la gastar dinheiro para recorrer a essa ajuda? Sim, qual é a lógica de serem exigidos, pela(s) entidade(s) que é tão generosa ao ponto de facultar bolsas de estudos, documentos que se têm de pagar (e caro)? 


No meu entender esta só pode ser uma forma de tentar demover quem precisa de sequer tentar um apoio. Ora vamos lá ver: como é que alguém que NÃO tem mesmo dinheiro nenhum e exactamente POR ISSO pede ajuda ao Estado ou instituições diversas poderá candidatar-se aos apoios que "estejam à sua disposição" se, para isso, tem de PAGAR por documentos para que analisem se tem ou não direito aos supracitados apoios (se não tiver dinheiro para pagá-los)? Há realmente coisas que me ultrapassam...

2 comentários:

  1. Há muita coisa que não bate certo no nosso pais e isso é uma delas!

    ResponderEliminar
  2. tens razão, e por isto é que isto está 'assim' hoje em dia --'

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!