Pesquisar neste blogue

terça-feira, 9 de outubro de 2012

O fim de semana prolongado

Começou com uma saída para comemorar o aniversário duma amiga (a R.C.) no Bairro Alto. Eu e o G. fomos lá ter com o grupo depois deles terem ido jantar (não fomos ao jantar porque não havia como suportar todas as despesas). Foi giro, estivemos animados mas pelas 3h fomos para casa, já começava a fazer-se sentir o cansaço. 

Na sexta, quando nos despachámos fomos ter com a minha irmã que tinha chegado na noite anterior para passar cá o fim de semana. Ainda estivemos por casa com ela algum tempo mas tínhamos saído tarde e já não tínhamos assim tanto tempo para fazer algo: fomos ao supermercado. Às 19h fomos até à Gulbenkian para o concerto do coro e orquestra da mesma já que tínhamos conseguido bilhetes grátis. Foram duas horas e meia inspiradoras, muito bem passadas, comoventes. Gostei tanto! E o Grande Auditório estava composto, repleto de gente, na sua grande maioria, de meia idade, com muito bom ar de aposentados bem de vida.


Fomos jantar a casa e saímos de novo. O TUAREG do Chiado foi o destino para aproveitar um voucher que tínhamos comprado por 9,9€ para tapas marroquinas, dois chás e uma narguilha - adorei todos os produtos (com excessão do húmus que não sabe a nada de jeito) e o ambiente, além de que fomos super bem atendidos e terminámos assim a noite com um programa diferente do habitual... Quando de lá saímos ainda nos decidimos dar um pulo ao BA para (mais) uma caipiblack partilhada. Regressámos a casa pela mesma hora da noite anterior: deviam rondar as 3h.

Sexta foi portanto um dia fora do vulgar, com coisas que adoramos e diferentes do que costumamos fazer, que me deixaram feliz e tiveram um gostinho verdadeiramente especial. Óptimo 5 de Outubro portanto!

No sábado era o seu primeiro dia de trabalho na loja (sim, agora está no seu terceiro trabalho, numa loja de roupa até ver...) mas só entrava à tarde. Ainda fomos ao ensaio embora tenhamos chegado atrasados e almoçámos juntos antes da sua hora de entrar...fui eu pô-lo ao trabalho (ficando com o seu carro) e segui para a minha irmã. Estivemos por casa as duas e saímos para ver do Patanico a casa dele. Compus a cozinha do almoço apressado, limpei e arrumei tudo e depois adiantei algo que o G. por falta de tempo adiou: limpei o frigorífico dado, todinho, ficou como novo e parecia outro. Mal ele sabia...!

Saímos as duas novamente, fomos às compras e tratar de algumas coisas, depois voltámos a deixar o gato em casa e seguimos para a minha. Tomei banho num ápice e arranjei-me para sair. Depois do G. sair tínhamos um jantar de aniversário e adivinhava-se posterior saída. 


Fomos para o centro comercial e tratámos de restabelecer a saúde ao saldo do meu telemóvel que andava pelas horas da morte à custa das ligações à internet que, vá-se lá saber porque carga d'água, a operadora me registou mesmo eu não tendo feito o que quer que fosse com o aparelho nesse sentido (uma das ligações registadas era de sexta às 7h quando eu dormi praí até às 13h). Ridículo! Assunto arrumado e muito mais descansada - quando soube que estava a ficar sem saldo por causa daquilo estava capaz de estrangular os pobres funcionários do call center da TMN - esperámos que ele saísse.

Ele atrasou-se mas lá saiu, despedi-mo-nos delas e fomos para o jantar. Já lá estavam todos desde as 21h e já passava mais de uma hora...quando lá chegámos. Comemos, partimos o bolo e cantámos os parabéns assim que passou a meia noite. Depois, rumámos ao sítio do costume: BA! para mais umas horas de copo em punho (ainda que vazio!) a vaguear pelas ruas apinhadas de gente num sábado à noite.
Mas não conseguimos ficar muito tempo, o cansaço já pesava e fomos deitar-nos. Quando ele soube que o frigorífico estava (finalmente) limpo e ainda tinha comida feita que nos tinha dado a minha mãe ficou bem mais animado. Ele estava, além de cansado, um pouco desanimado com tanta coisa por fazer, com as mudanças que implicam na sua vida e custa-me tanto vê-lo assim..! Espero ter ajudado a melhorar a panorâmica com pequenas ajudas.

No Domingo dormimos até tarde, cozinhámos, comemos e fui deixá-lo ao trabalho. Apanhei a minha irmã e fomos passear pelas lojas - fiz alguns pequenos grandes achados para o G., que bem precisa (meias, tshirt e ténis tudo por 8€) e trouxe dois vestidos para me decidir por um (ou nenhum) - lanchámos juntas e fui pô-la. Antes de me vir embora estive a ajudá-la a arrumar tudo o que levava para a sua nova morada e despedi-me dela já eram 19.30h. Segui para casa do G. e estive a aspirar algumas divisões da casa até que chegou a hora dele sair e fui buscá-lo. Ainda jantámos juntos mas tinha sido um fim de semana exigente e o cansaço tem-se acumulado em nós. Passado pouco depois de jantar ele foi-me por e despedimo-nos do fim de semana prolongado que tantas recordações criou e nos deixa de sorriso no rosto apesar do (algum) cansaço!


Ainda bem que pudemos passar algum tempo juntos este fim de semana porque ontem e hoje ainda só nos vimos por instantes - ou porque ele veio almoçar comigo ou porque passou a dar-me um beijinho no final do dia...!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!