Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Não foi sexta-feira 13 mas bem que podia ter sido

Já há muito tempo que não tinha um dia tão difícil como o de sexta-feira.

Começando na dor de ouvidos (que se vinha a arrastar há semanas mas à qual não liguei) que me martelou o lado esquerdo todo, passando pelas horas perdidas num centro de saúde para me dizerem que não podiam atender, pela ida aos correios em vão para, também aí, depois de ter estado à espera me dizerem que não estava lá nada do que eu ia buscar, acabando na seca no veterinário para mudar o penso ao Patanico, sem faltar a dor de alma pelo bicho, nem faltando um regresso ao mesmo centro de saúde, desta vez nas urgências para ser finalmente atendida - otite. Mais uma sexta à noite passada sem ele (porque trabalha) a tentar que o gato engolisse os comprimidos e não se aleijasse, com uma dor de cabeça fenomenal a massacrar-me. Além de todas estas pérolas, uma das minhas malas preferidas estragou-se sendo a que estava a usar e tive de andar com ela assim o dia todo. Queria entregar uma coisa para a qual o prazo era dia 3 (sexta) e voltar aos correios e foi impossível depois ter perdido tempo em sítios onde não fui atendida, de secar 3h no veterinário e, consequentemente, depois disto tudo, perder toda a paciência que um ser humano comporta.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!