Pesquisar neste blogue

terça-feira, 5 de novembro de 2013

E no final do(s) dia(s)

não consigo evitar...estou de rastos. Com os bofes de fora, doida por poder descansar e deixar de lado todas as mil e uma tarefas diárias. Mas os dias arrastam-se inevitavelmente até tarde, tendo começado tão cedo. Com tanto para fazer e tanto mais por fazer... nem sei como é (humanamente) possível... Tenham uma boa noite.
Amanhã é outro dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!