Pesquisar neste blogue

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Longe dele...

Hoje não nos vimos, todo o dia (já não me lembro da última vez que não nos vimos durante tanto tempo, tirando o tempo em que tive na terrinha, de férias). 
Aliás, não nos vemos desde a hora de almoço de Domingo.

Hoje foi o seu último dia na loja, decidiu vir-se embora, era impossível aguentar até ao fim do mês um ritmo destes. O dia começa às 7h e acaba à 1/2h sem tempo para absolutamente mais nada além do trabalho e deslocações entre eles.

Apesar dos dias infernais que temos vivido, da angústia e frustração que nos trazem e do que custa, estamos juntos e isso não tem preço, vale tudo. Amo-te meu bem. Cada dia mais um bocadinho.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!