Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Portugal no Brasil





Não sou particularmente fã de futebol e a única excepção à ignorância que dou ao espectáculo desportivo é a nossa selecção – que até sou capaz de ver quando joga (mas só quando seja um jogo decisivo ou particularmente importante e a coisa se proporcione). Não vi o jogo de ontem, não tenho hábito de parar a vida para olhar para a TV. Esta manhã, a caminho das aulas, ouvi o relato dos três golos e devo confessar que me emocionei. O comentador transmitiu tanta força, entusiasmo e alegria pela qualificação de Portugal para o mundial que achei verdadeiramente bonito. O meu desejo foi que aqueles jogadores tivessem “ouvido” o orgulho com que foram descritos e que aquela força tivesse chegado aos seus corações como atingiu o meu. Foi um aquecer do ser português. É bonito aperceber-mo-nos do que o futebol é capaz de fazer com o povo. Gostava que aquilo que nos faz unir, ter força, olhar para o lado, abraçar e festejar com um completo estranho um golo da nossa selecção fosse capaz de se reflectir no fazer este país dar a volta e andar para frente. Precisamos de acreditar, de sofrer juntos e de por em jogo muita coisa para isso mas talvez fosse possível…se fossemos todos ao futebol e conseguíssemos vibrar, alegrar e emocionar como me fez aquele comentador da antena 1 e aquele hino português proclamado a correr.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!