Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Em jeito de confidência


Há uns tempos que comecei a sonhar com um casamento. O nosso. Sim, eu que até te conhecer não queria casar ou pelo menos achava-o, dizia-o. Talvez fruto do medo de mais um desgosto capaz de igualar o do meu ex-namorado. A verdade é que mesmo agora até tenho vergonha de admiti-lo e guardo-o mais ou menos em segredo no meu coração. Sim, já várias vezes falámos em casar e sabemos ambos que é o que queremos para nós mas nem a ti sou capaz de confessar o quanto o desejo...

Há algum tempo já que estar tão perto de ti como praticamente vivermos juntos (porque acabo por dormir todos os dias em tua casa para termos algum tempo nosso) é o que me faz mais sentido. Não só agora, neste momento, como para a minha vida. É verdade que, ao mesmo tempo, estas coisas me atormentam um bocadinho. Talvez mais do que devia ou era preciso mas eu não me sinto confortável com isto, não foi desta forma que sempre quis nem o que acho mais correto. Ou seja, para mim não é certo eu "morar" contigo agora, assim, quando só somos namorados, a casa é tua, não há planos em concreto para um futuro próximo, nada é certo - eu sempre disse que não moraria com ninguém sem casar porque para mim o casamento implica também isso e faz-me sentido "guardá-lo" para o casamento (o morar junto). Sim, chamem-me antiquada mas para mim, "juntar-me" não faz sentido. 

Mas será que tem de ser? Haverá algo "certo" ou será alguma vez errado estarmos a fazer o que o nosso coração nos manda? É que eu não me imagino a viver de outra forma, não seria já capaz, acho eu, mas, ao mesmo tempo, não me parece bem nem me sinto confortável com o que se passa na realidade. Por outro lado, casar contigo é só uma das coisas com que mais sonho hoje em dia e gostava tanto, tanto que acontecesse, é uma vontade tão grande que não sei explicar, mas não será demasiado cedo para andar a sonhar com isto? Afinal de contas nem namoramos assim há tanto tempo, apesar de nos conhecermos melhor do que ninguém, de já termos passado por tanto juntos e eu sentir que és o homem da minha vida e que o nosso amor é maior que tudo... Eu ainda sou muito nova e não temos nada que nos permita dar esse passo com alguma segurança mas será que para o amor serão essas coisas precisas?

2 comentários:

  1. Ninguém te pode impedir de acreditar (ainda mais que sonhar):)))!!!!

    Jinhoooossssss

    ResponderEliminar
  2. Eu namorei 9 anos - começamos cedo - e também para mim o casamento só surgiu depois, nunca pensei em casar mas assim que houve essa vontade não fazia sentido para mim viver junta antes do casamento. Para mim, o casamento não é a festa em si mas sim o inicio de vida a dois, só assim faria sentido para mim. Mas cada um é diferente e nem todos seguimos ou podemos seguir as mesmas pegadas. Mas se esse é o vosso sonho, lutem por ele, não é daqueles sonhos impossiveis ;)

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!