Pesquisar neste blogue

terça-feira, 6 de maio de 2014

Há coisas que não se podem deixar de agradecer


Muitas vezes sinto-me uma pessoa verdadeiramente insuportável. Não consigo imaginar ninguém capaz de de não me bater com o que faço ou digo. Nem me passa, no momento da fúria, que existes tu e que estás sempre ao meu lado. 

Mesmo quando só estou a disparatar com tudo e todos à minha volta, implicando com tudo e mais alguma coisa. Já me conheces e lá me vais percebendo melhor do que ninguém. Esperas que passe e depois acabas sempre por me dar colo. Porque sabes que é disso mesmo que preciso: de ti.

3 comentários:

  1. Olha que isso não passa com a idade...sou tal e qual:)

    jinhooooooooossssss

    ResponderEliminar
  2. Podia ter sido eu a escrever isso ... Ainda estou para saber como ele tem paciência para mim! :)

    ResponderEliminar
  3. Ai! Eu só espero é que com o tempo também a ele não passe!!! :D

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!