Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Realidade assustadora



Pode considerar-se, no mínimo, "chocante" aquilo que se pode ver nos transportes públicos. Hoje dei por mim a reparar nas disparidades económicas que temos no nosso país hoje. Porque isto são coisas que os bens materiais reflectem. 
Os meus olhos pararam numa jovem: saltava à vista o IPHONE, a mala LONGCHAMP e as botas XUZ não passam despercebidas. Os jeans eram com certeza SALSA ou similar, sem contar sequer com o casaco... Com atenção reparei que o relógio era MICHAEL KORS e levava também um fio TOUS. Por mais em conta que cada uma destas peças possa ter sido, podemos já somar uma bela quantia apenas numa pessoa que não teria mais de 25 anos. 
Efectivamente, não há como dizer que não há dinheiro em Portugal - que o há, e não é pouco! Ainda bem que há quem tenha capacidade económica para isso. O que é triste é constatar que no banco ao lado vai uma mulher (talvez a rondar os 25 /30 anos) com uma criança de colo que provavelmente faz das tripas coração para se sustentar. Deve ser com muito esforço que tem um tecto, comida e roupa para ela e aquela criança. 
E isto, aqui e agora, podem ser somente suposições (ou não) que eu decidi fazer mas tenho a certeza que em muito lugar, bem perto de nós, é a (dura ou não) realidade a que assistimos, com a qual somos obrigados a conviver e muitas vezes a ter de enfrentar.

2 comentários:

  1. Haver dinheiro, há e muito por aí, está é muito mal distribuído...

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente vê-se muito disso .. e acaba por ser triste !

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!