Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 9 de abril de 2015

À minha última colega de quarto


Do final de 2012: 
"Este ano tenho uma nova colega de quarto, desde Novembro ou Dezembro só (chegou mais tarde) e tenho sido uma péssima companheira de quarto porque a minha vida não anda fácil, sempre de um lado para o outro e muitas vezes nem cá durmo por ficar com ele. Mas desde o primeiro dia simpatizei com ela. Temos o mesmo nome, é o seu primeiro ano, é simpática, atenciosa (mas não intrometida) e preocupada, um doce. Sempre que começamos a conversar, que é raro já que passamos pouco tempo juntas, não paramos mais e a conversa tem sempre assunto. Ontem foi assim...falámos horas depois das aulas. Hoje falámos mais um bocadinho e esta noite quando cheguei (normalmente quando chego ela já está a dormir mas vim mais cedo e apanhei-a ainda acordada) ela disse-me: "Tenho uma coisa para ti!". Eu fiquei mesmo sem jeito, não estava nada à espera. Era um emblema, o primeiro que tenho por incrível que pareça, da colega de quarto (afinal já conto com quatro). Foi um gesto tão querido e genuíno da parte dela para com esta colega tão desnaturada! Encheu-me o coração. Ainda há pessoas especiais neste mundo!"

1 comentário:

  1. Há pessoas genuínas, de quem gostava à primeira vista!
    É a primeira vez que o visito mas já gostei do teu blog!
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!