Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Dias difíceis


Há dias em que eu não reconheço o que há dentro de mim. Há dias em que não mereço sequer estar rodeada de ser nenhum, ou melhor, em que ninguém merece ter-me por perto. Há dias em que eu deveria estar longe de tudo e todos para poder descarregar o peso que carrego no peito sem magoar ninguém. Há dias em que tenho vontade de sair daqui e ver-me de fora, deixar-me flutuar por aí.

3 comentários:

  1. Calma. Por cima das nuvens que tornam os nossos dias cinzentos, o sol continua a brilhar e isso dá-nos esperança de que o dia de amanhã pode ser melhor que o de hoje. ;)

    ResponderEliminar
  2. Há dias assim... mas passam! Força :)

    ResponderEliminar
  3. Oh calma que acredito que dias mais brilhantes estão a espreitar.
    Um xi cheio de força !

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!