Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Desabafo de tese

Recebi email do meu orientador com a opinião quanto à tese e mais uma vez não trouxe boas notícias. Parece que só agora se deu conta de que me falta conteúdo (antes disto só me falara nas referências bibliográficas que passei mais de um mês a introduzir), organização e estruturação. A apesar de tudo o que modifiquei ele considera que não está em condições de ser entregue. Sugeriu alterações mais concretas finalmente mas não o poderia ter feito antes?! Já me preveniu que terei uma nota medíocre mesmo que consiga alterar tudo o que propôs - está sempre a dar a entender que deveria prorrogar o prazo quando já lhe disse que nem é opção.


Ontem quando li o seu email senti-me uma inútil com atestado de estupidez. Quem é que não consegue fazer de um tema alguma coisa de jeito para a tese? Só eu! É que todos os meus colegas que já defenderam, até mesmo relatórios de estágio (aos quais era dada menor valorização na minha área), tiveram notas brilhantes. Eu não sei o que me passou pela cabeça para fazer tese. Queria, na verdade, ter estagiado mas as coisas tomaram outro caminho com a OA pelo meio, as consequentes incompatibilidades, o pouco tempo, pouca informação e conhecimento sobre as possibilidades de estágio. 
Não queria que isto fosse feito só por fazer, só porque tem de ser feito. Queria mesmo fazer algo consistente, que fosse útil e uma mais valia mas pelos vistos não sou capaz e agora já só quero despachar esta porcaria! Já estou farta, cansada e exausta disto e só me apetece mandar tudo às urtigas! Parece que não sirvo para isto e sinto-me tão incapaz, tão medíocre por isso. Que falhanço...


3 comentários:

  1. é sempre mau quando nos apontam criticas dessas mas o caminho é só um: acabar! Esforça-te para teres tudo revisto e pronto na data que queres entregar e o resto são cantigas! Agora já não há muito tempo para aperfeiçoar e o objetivo é acabar, por isso, siga e muita força!!

    ResponderEliminar
  2. Calma... respira fundo... e força! Aqui tens duas opções: ou realmente entregas noutra data e procuras fazer algo com mais conteúdo, como o teu orientador sugere, ou então, se estás determinada a entregar agora, tens que te convencer que vais fazer o melhor possível! E mesmo que não seja algo brilhante foi o melhor que conseguiste nas condições que tiveste! Não significa que não és capaz de fazer melhor ou que não sejas suficientemente inteligente ou o que quer que seja... mas por vezes há outros factores externos que condicionam o nosso percurso, as nossas opções e que nos vão dificultando a vida pelo caminho. Importa olhares para trás e veres o caminho que já percorreste até aqui... E mesmo que não tenhas uma nota brilhante, mesmo que acredites que noutras circunstâncias poderias ter feito um trabalho mais consistente, acredito que deves estar orgulhosa por teres ultrapassado uma série de obstáculos e por estares finalmente a conseguir chegar a um resultado mais concrecto! Muita força :))

    ResponderEliminar
  3. A mim aconteceu-me o mesmo este ano.
    Vou agora recomeçar em setembro.

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!