Pesquisar neste blogue

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Estado de alma

 

Eu sei que sou abençoada. Eu sei como tenho sorte e razões para ser/estar feliz. Mas também vejo, porque é impossível ignorá-lo, como a vida é injusta, como as coisas não são como deveriam, como os obstáculos, por mais que os tentemos contornar, teimam em agigantar-se e cansar-nos. Há dias em que tudo o que me apetece é desatar a chorar, enfiar a cabeça na almofada e fingir que o mundo deixa de girar lá fora, só porque eu precisava de uma pausa. O cansaço psicológico e emocional são silenciosos e matreiros mas avassaladores. Por mais que eu tente manter-me positiva e não dar parte fraca, há dias em que parecem mais fortes do que eu e só queria poder suspender as horas, os dias...
As rotinas ou a falta delas podem ser traiçoeiras. Os dias parecem todos iguais e a sensação que temos é de que só nós estamos errados, porque só nós temos aquela visão das coisas. Há dias em que nem me reconheço, em que não compreendo como posso estar aqui, neste estado, neste pé. Mas quando tento decompor as coisas apercebo-me de que ou eu fiz algo muito errado ou não tinha/tenho outra alternativa senão estar aqui
E depois há o nó na garganta, que me acompanha porque nunca sinto que ele se foi embora. A preocupação e a angústia são constantes porque há sempre alguma coisa, algum pormenor, alguma questão prévia. Às vezes acho que sou ingrata, que não tenho o direito de sentir-me triste e que não tenho razões que justifiquem as lágrimas mas, às vezes, é mais forte do que eu. Há dias em que parece que tudo o que fazemos ou fizemos não tem qualquer valor, que por mais que façamos parece nunca ser suficiente e em que todo e qualquer sacrifício parece inútil. Há dias em que a vontade é desistir, é escolher um caminho mais fácil, em que parece que os caminhos fáceis são sempre os dos outros.
Ainda assim, apesar de tudo. Esses momentos, esses dias, terão de acabar. E só isso pode servir de consolo.

2 comentários:

  1. e se te apetece chorar? chora! depois passa. alivia. tudo melhora.

    ResponderEliminar
  2. Há dias/fases assim... Mas chorar faz bem! Não resolve mas pelo menos lava-nos a alma e ganhamos outro fôlego. Beijinho e força!

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!