Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Decisões e indecisões

Esta história de visitar lugares, de ver vestidos, de ter de escolher entre menus e de ter tanta coisa em que pensar só me faz ficar cada vez mais confusa, preocupada e indecisa.
Queríamos muito já deixar algumas coisas decididas como a igreja e o local da festa mas não está fácil. Ainda não conseguimos falar com o padre porque com os dias de festa parece que tudo fica suspenso. Confesso que o facto de não ter ainda nada determinado me está a chatear embora saiba que estas coisas levam tempo mesmo e que estou a ser um pouco ansiosa sem razão.


Neste momento já faltam poucas pessoas serem informadas do nosso casamento. Mal podemos esperar por ter as coisas acertadas e começarmos o ano com outra tranquilidade. 
Já nos ofereceram ajuda quanto a coisas importantes, o que nos sossega um pouco embora tenhamos consciência do que nos espera em termos de investimento, decisão e trabalho. 
Uma coisa me descansa. Toda a gente quer que o dia em que celebra o seu amor seja especial e isso coloca-nos muita pressão mas o que me descansa é ter a certeza que será um dia especial por estarmos a celebrar algo tão nosso e tão único. Só podemos estar radiantes. E se tivermos à nossa volta as pessoas certas, aqueles de quem mais gostamos só nos podemos sentir bem e deixar os restantes também felizes.

2 comentários:

  1. Não sabia que ias casar! Muitos parabéns! Que felicidade :)) um beijinho e bom ano!

    ResponderEliminar
  2. Planeia o casamento tal como achas que deve ser, no meu caso lembro-me que algumas amigas tentaram impor-me algumas ideias e tive de dizer que não. As coisas foram como eu quis porque era o meu casamento.
    Quanto ao padre tive alguma dificuldade em marcar a data porque ele achava que era cedo demais, mas nós tínhamos de definir o aluguer do espaço da quinta e tínhamos de saber se a data que queríamos dava para o padre.
    Mas com tempo tudo se conjugou a nosso favor!

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!