Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Como se fosse fim-de-semana


Na terça-feira tive de ir a trabalho para a cidade onde trabalha o homem. Como terminei cedo e nesse dia ele também saia mais cedo, fui apanhá-lo pouco depois das 16h. Ainda o sol ia alto e o dia estava a meio. Isto, a um dia de semana, é coisa verdadeiramente inédita. Soube-nos pela vida!
Passámos no supermercado, tratámos de nos informar sobre um assunto do carro e fizemos um caminho diferente. Parámos no centro comercial mais próximo e fomos directos às bilheteiras de cinema - bilhetes a 2,5€ para a festa do cinema. Fomos ver MONEY MONSTER e saímos da sala à hora a que normalmente saímos do trabalho. Eram por volta das 20h!
Ainda pudemos ir para casa descansados, jantar e ver mais um filme. Assim se fez de um dia de semana uma espécie de sábado, com a agravante de se ter o sentimento de dever cumprido por termos ido trabalhar antes do lazer. Soube tão bem!

4 comentários:

  1. Fizeram muito bem! Realmente sabe pela vida ter estes momentos diferentes durante a semana :)

    ResponderEliminar
  2. Esses dias são aqueles que vamos para a cama com um sorriso nos lábios, porque além de não ter acontecido nada de extraordinário, foi um dia realmente bom =)

    ResponderEliminar
  3. Não consegui aproveitar os dias dos bilhetes a 2.50 :(

    ResponderEliminar
  4. os programas a dois que me sabem melhor é aqueles que são imprevistos. Uma pessoa nem está a contar e sabem ainda melhor!

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!