Pesquisar neste blogue

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Querido verão,


Este ano decidi-me aproveitar-te ao máximo. Com muita pena minha, nem sempre consigo ir à praia tanto quanto gostaria e, por consequência, conseguir o bronzeado com o qual durante anos me habituei (trabalhava na praia). Ainda não considero que o verão tenha terminado mas felizmente (e finalmente!) este ano ganhei cor como já não me lembrava de ter há que tempos!

Este ano temos ido à praia sempre que podemos, temos aproveitado o sol, os mergulhos, as águas maravilhosas e as paisagens de cortar a respiração que tanta paz e tranquilidade nos trazem.

Este ano fomos ver o nascer do sol. Madrugámos, rumámos ao ponto mais alto da ilha, caminhámos quase 3km às escuras e esperámos pelo sol. Em família, com muita conversa e partilha. Foi uma experiência única!

E o que o verão tem de mau é, na verdade, o calor excessivo, aquele sol que não se consegue suportar quando temos de trabalhar, quando não podemos rumar ao mar, quando temos horários para cumprir e responsabilidades sob as quais regemos os nossos dias.

Então, muito obrigada Verão deste ano, já tinha saudades tuas.

1 comentário:

  1. Identifiquei-me! Acho que já há uns anos que não tinha esta cor... e nem estou com um bronze espectacular, que acho que nem consigo atingir tal estado. ;)

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!