Pesquisar neste blogue

domingo, 9 de outubro de 2011

Chuva de estrelas cadentes

Parece que ontem à noite houve chuva de estrelas cadentes. Eu não vi nenhuma rasgar o céu mas vi-o negro de estrelas brilhantes e cintilantes. Passeio horas a fio debaixo dele, a descoberto e, provavelmente, deixei escapar, mesmo por cima da minha cabeça distraída, inúmeros desejos levados pelo rasto mágico das estrelas cadentes. Quero acreditar que estive a escrever, por entre as estrelas, sob um céu imenso, de olhos postos num mar pintado pelo luar, histórias de encantar, a traçar recordações no imaginário com o futuro nas minhas mãos e os meus bolsos carregados de sonhos.


Perdi uma chuva de estrelas por pura ignorância do fenómeno. Mas, ainda na madrugada ouvi um "Tu és um fenómeno" que, em conjunto com tudo o que partilhámos e vivemos ontem juntos, me fez ganhar o dia e a tão necessária força para esta fase "exigente"...
Obrigada universo!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!