Pesquisar neste blogue

sábado, 1 de outubro de 2011

Uma relação única

Na sexta feira passada o meu padrinho de faculdade deixou a cidade onde nos conhecemos e rumou a casa depois de anos de estudo e da sua última etapa de formação obrigatória cumprida (estágio). Não sabe ainda como será o seu futuro mas eu acredito e espero que a vida lhe sorria e lhe permita alcançar tudo o que ele mais deseja e merece. 

Desde o primeiro dia em que trocámos as primeiras palavras para mim foi claro (embora nada fácil de compreender) que aquilo que nos aproximava e unia era algo único e que nunca antes tinha sentido nem viria a sentir nunca. Não consegui perceber o porque nem foi fácil aceitar o que estava a sentir por ele porque era algo que nunca me tinha acontecido e com o qual não sabia lidar. Hoje já aprendi que não tenho de compreender, é uma das pessoas que passou pela minha vida e deixou/deixará para sempre uma marca muito própria e característica, única.

Quando temos perto de nós aqueles de quem gostamos, muitas vezes não lhes damos o devido valor mas sabemos o quão importantes são bem dentro do nosso peito. Agora ele foi para longe de mim, não sei se algum dia voltará, se se esquecerá de mim e não voltaremos a ver-nos ou se viremos a cruzar-nos muito brevemente, não sei. Mas sei que EU nunca o esquecerei por ser quem é e o que significa para mim. Sei que como a relação que temos, nunca terei - é algo que não dá para explicar e muito menos se compreende, é único.

Não preciso sequer dizer que gosto mesmo muito de ti e vou sentir imenso a tua falta <3
Da tua afilhada, não te esqueças de mim!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!