Pesquisar neste blogue

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O Natal deste lado

Este Natal os presentes são poucos, muito poucos.
Apenas para a minha irmã e nada de especial... Para a minha mãe um pequeno mimo (doces) simbólico e nada mais. O G. teve direito a presentes e o gatinho a uma manta que o G. teria de comprar e eu encontrei a óptimo preço (por isso aproveitei).

Quanto aos presentes que eu espero, desde há muito que me tenho desiludido e por isso já deixei de esperar o que quer que seja. Tudo o que vier é recebido de coração aberto e com todo o carinho por quem se dá ao trabalho de se lembrar de mim nesta época mas sem expectativas nenhumas...


A cada ano que passa, a época do ano que mais gosto vai perdendo o encanto.
E não é porque os presentes são cada vez mais escassos, longe disso - o Natal não deve ser sinónimo de materialismos (embora infelizmente, não raras vezes seja isso que acontece)!
O tradicional ambiente familiar tem-se vindo a perder a olhos vistos por estes lados. E é triste ver isto a acontecer mesmo em frente ao meu nariz sem haver nada a fazer para o evitar.
Tenho vindo a olhar para esta época com outros olhos, acredito que é por aí o caminho. Passa por passar a viver o Natal de outra maneira, diferente daquela com a qual estou habituada, que sempre vivi e conheci.

Enfim...! Aguardam-se melhores dias, foi só um desabafo...

1 comentário:

  1. Infelizmente também sou a única a puxar pelo espírito natalício nesta casa.

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!