Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Um mimo, uma pequena surpresa


Há semanas que ando com o desejo e intenção de mandar um mimo ao G. 

Os dias têm sido cheios, os correios cá só estão abertos de manhã até às 13.30h e eu por essas horas estou normalmente em aulas, além de que já esperava que me custasse um bocado e não tinha como pagá-lo antes. 

Queria fazer-lhe uma surpresa e enviar-lhe um pequeno pacote com doces em caixas de bombons pintadas com laços e fitas improvisados (tudo inventado e trabalhando com o que tinha já que não posso gastar muito), o importante era o gesto e a surpresa, no fundo, marcante do ano que já partilhámos e passámos juntos.
Esta semana, só hoje lá consegui preparar tudo, embrulhar e fechar a pequena caixa de sapatos e passar nos correios antes de fechar. Quando estava prestes a enviar o senhor pediu-me o código fiscal de cá que eu só tinha em casa e, como já era tarde, estavam prestes a fechar, já não conseguia enviar hoje. Disse-me que passasse amanha de manha, que de qualquer maneira, hoje já não seguia uma vez que a recolha é sempre antes das 13h e eu lá regressei a casa com a encomenda.

A verdade é que depois pus-me a pensar.
A caixa tem de ser enviada como "encomenda" devido às suas dimensões (e eu não tenho outra caixa, nem vendem nos correios, nem sei se caberiam as coisas que quero enviar numa caixa com aquelas) e pesa à volta de 1kg. Então, o que me disseram nos correios é que, sendo um envio normal, demorará cerca de 15dias (entretanto já passou a data – dia 28 – e já estou lá eu!) e custa-me 21€; sendo correio expresso chega em poucos dias, é o mais rápido mas teria de pagar 45€ (completamente impensável para mim!). 

Há uma transportadora internacional cá, a DHL mas, pelo que vi na Internet, os preços são mais do dobro, talvez tente passar esta tarde a perguntar exactamente, num posto que há cá no centro mas começo a pensar seriamente que não consigo enviar e levo, tal como tá, entregando-lhe quando eu for. Porque, perante as circunstâncias, não me parece convir pagar (de qualquer forma) tanto por uma pequena coisa e chegar depois da data e, pior, depois de mim a Lisboa!

Mas agora estou triste e desiludida porque queria mesmo muito ter enviado ou enviar este miminho e fazer-lhe uma surpresa, surpreendendo-o e mostrando-lhe como para mim é importante estar do meu lado este tempo todo!  E sabia que ia custar um bocadinho enviar (em termos de €s) mas pensei que chegasse a tempo e nem assim. Tinha a esperança de conseguir concretizar esta ideia mas parece-me que não passará disso, uma ideia...

2 comentários:

  1. E pensaste se os doces chegavam em boas condições? comestíveis, digo eu? :S

    fala com ele ... explica-lhe ... tenta tirar uma fotografia e enviar-lhe e a explicar o porque de não conseguires oferecer-lhe esse mimo, de certeza que ele vai entender!! =)

    ResponderEliminar
  2. Sim Sintonia, iam bem acondicionados e aconchegados e não eram coisas que se estragassem assim facilmente! :)
    Uma vez que seria surpresa (ele nem sonha) tava a pensar levar quando fosse e dar-lhe ai!

    ***

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!