Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Ontem li algures...


no Bairro Alto, numa espécie de quadra de manjerico, algo como "quando tudo corre mal, refugia-te no teu porto seguro. E o amor é sempre um porto seguro

E mesmo não sabendo se ele (já) é o meu amor tenho a certeza que é o meu porto seguro. E foi o que lhe disse: "Tu és o meu porto seguro" e ouvi de volta "E tu és o meu amor".

Estivemos com um casal amigo no Páginas Tantas ao som de Blues ao vivo - bateria, contrabaixo e saxofone ou piano fizeram uma banda perfeita para um serão tranquilo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!