Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Sonho do dia

Acho que o fim de semana prolongado em casa dele, fazendo de tudo para o ajudar nas tarefas domésticas, cuidando do Patanico, cozinhando, partilhando cada pormenor quotidiano, já que ele começou a trabalhar (também) ao fim de semana e agora (então é que) não terá tempo para nada, reflectiu-se no meu subconsciente.


Esta noite acordei de um sonho com uma vida a dois. Sonhei que ele me pedia ou ia pedir em casamento. Não me lembro de haver pedido mas lembro-me que ele estava a dizê-lo à minha mãe, que ficou contente, eu ia perto deles mas não com eles. Ele chamou-me a uma igreja, numa missa muito animada e divertida, fora do vulgar, para que eu estivesse em frente a todos os nossos amigos, (casais, colegas,...) diante da "igreja". Entretanto gera-se uma enorme confusão e começam actividades com crianças e animação ao mesmo tempo e eu deixo de o ver, saio do centro das atenções e avisto o meu pai que tinha sabido da intenção dele e vinha todo feliz. Perguntou por ele a um dos nossos colegas e disseram-lhe que ele estava em minha casa, o rosto do meu pai mudou logo e perguntou-me como fazia para entrar em minha casa saindo de seguida. Acordei!



Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!