Pesquisar neste blogue

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Últimos dias

Pois, eu sei, eu sei, que não tenho andado por cá nem dado sinal de vida mas não tem estado fácil. Só hoje consegui, a muito custo, ligar-me à net

Tenho andado a trabalhar umas horas aqui e ali, a ir às aulas (e este semestre tenho cá um horário horrível) e a tratar de documentação para bolsas, ter de enviar tudo por correio para o meu pai e tudo mais. 


Estive fora de Domingo para Segunda e ontem voltei a Lisboa depois de ter deixado a minha irmã instalada no campus onde ficou colocada. Continuo preocupada com ela mas é um grande alívio saber que ficou encaminhada, mesmo perto da universidade, bem servida de transportes, numa residência! Estou mais contente só por isso. No sábado tínhamos estado o dia inteiro a ajudar na mudança da minha mãe. Para a casa da antiga patroa (que agora está internada num lar). Ajudei mas não entrei na porta daquele apartamento. Foi um fim de semana a mil, depois de uma semana a duzentos e já é terça feira, os dias voam e eu não tenho tempo para nada, com os prazos a contar e tanto por fazer ainda.

Esta semana espero conseguir equilibrar as coisas e fazer tudo o que preciso para já, o mais importante para encarrilhar o ano lectivo. Embora conte com um feriado já tenho a agenda preenchida com despedidas de amigos que se vão embora do país, dois aniversários, cafés e muito mais. 


O que me tem custado mais é não ter tempo para fazer tudo e andar a dormir tão pouco, ou melhor, não conseguir efectivamente descansar. Ainda não recebo bolsa e nem sei quando chega o resultado da mesma e, por isso, a gestão do dinheiro que o meu pai me mandou tem sido uma exigência e não está fácil com tanto em que preciso de gastar. Além de mim, também o G. está a passar por uma fase muito complicada e tenho estado a ajudá-lo mas custa-me tanto que ele passe por isto: a miséria de propostas de trabalho que recebe tendo em conta a sua formação e experiência é uma vergonha. Enfim, é a verdadeira precariedade laboral.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!