Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

O dia começou tão bem

e acabará tão triste. Hoje já sabia que mal o veria. Por isso é que quis lá ficar ontem à noite. Esta manhã acordei a seu lado. Bolo fresquinho e almoço partilhado. Começo de dia a dois.


Custam-me tanto dias assim!!! Em que ele se vai embora ou então sou eu que tenho de ir e não nos podemos ver durante muito algum tempo. Faz-me falta mesmo antes de se despedir.

Depois estragou tudo, fez uma asneira que não considero admissível para ele. Não é nada de outro mundo, não mas não consigo perceber algumas coisas que faz. A paciência tem sido muita mas tem limites. E a compreensão não opera quando te desdobras em desculpas demais. Fiquei chateada. Mais, cansada! E isto deixa-me tão triste... Às vezes pareces levar tudo de ânimo tão leve, nunca há problema, parece que está sempre tudo bem. Mas a vida deve ser levada a sério, mesmo nas pequenas coisas que fazemos, senão nunca as fazemos como deve ser.

3 comentários:

  1. É verdade, eles parece que não se importam com nada.. e nós começamos a ficar cansadas dessas coisas estupidas que eles fazem. Sinto exactamente o mesmo.

    ResponderEliminar
  2. É sempre assim, quando achamos que está tudo bem, puff...

    ResponderEliminar
  3. Calma...breath in, breath out...ao pouco importante tem que se dar pouca importância, certo?! Eles não fazem por mal, está na natureza masculina ser assim.
    :)

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!