Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Desejos estranhos

Ontem à noite apetecia-me ouvir música. Ir a algum sítio animado, cantarolar e estar com ele. Desanuviar, espairecer, fugir da rotina e do monótono. Queria não ter horas e poder dançar, beber uns copos e voltar a casa sem pressas nem preocupações, feliz.


No ensaio estive particularmente irrequieta, nem parece meu mas era provavelmente, como disse o maestro, "um dia muito especial" - até tive ataque de riso! Quando saí e fui buscar o G. (fiquei eu com o seu carro mais uma vez para poder ir ao ensaio enquanto ele trabalhava), que saía às 23h ainda pensei que pudéssemos dar um pulinho rápido a algum sítio mesmo ele tendo de se levantar cedo hoje mas o trabalho arrastou-se noite dentro e ele só saiu cerca de uma hora e meia depois do horário (e eu no carro à espera aquele tempo todo). Só deu, àquela hora, para irmos direitos a casa e deitar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!